Consulta Auxílio Emergencial 2021 (Cadastro, Atualização)

Confira tudo sobre a consulta Auxílio Emergencial 2021, o cadastro, atualização, entre outros. Neste artigo você encontra tudo o que precisa saber sobre o benefício liberado pelo governo federal do Brasil, que é o auxílio emergencial.

O Auxílio Emergencial 2021 é um benefício financeiro que o governo federal do Brasil está liberando para as pessoas que receberam Auxílio Emergencial e Auxílio Emergencial Extensão, e que atendiam aos critérios dos programas em 2020.

O Auxílio Emergencial foi criado em 2020, com o intuito de fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus. A Caixa Econômica Federal atua como agente pagador desse benefício e a origem dos recursos para pagamento é do Governo Federal, por intermédio do Ministério da Cidadania.

A lei do Auxílio Emergencial foi publicada em 2 de abril de 2020, estabelecendo o auxílio de R$600,00 por mês para as pessoas que se enquadrassem nas regras de recebimento desse benefício, durante um período mínimo de três meses.

Consulta Auxílio Emergencial 2021

Nesse ano de 2021, o pagamento do Auxílio Emergencial será feito em quatro parcelas, com valores entre R$150,00 e R$375,00 variando dependendo da composição familiar.

A consulta pode ser realizada pela página do Auxílio no site do Governo: https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/

Além disso, a consulta ao benefício pode ser feita também pelos canais da Caixa Econômica Federal, pelo telefone 111 ou pelo site da Caixa para o Auxílio: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

O bom é que para fazer a consulta não é necessário ir presencialmente nas agências da Caixa, para evitar aglomerações. Além disso, não é preciso também fazer nenhum tipo de cadastro de novo no aplicativo Caixa Tem, é só consultar como foi informado acima.

Cadastro Auxílio Emergencial 2021

Só são elegíveis a receber o auxílio emergencial em 2021 os trabalhadores que tinham o direito reconhecido ao auxílio em dezembro de 2020. Dessa forma, a Dataprev analisou entre esses beneficiários os que se encaixam nas regras desse ano. Portanto, não serão abertas novas inscrições.

A nova rodada do Auxílio Emergencial vai começar a ser paga no dia 6 de abril, como medida de proteção aos mais necessitados nesse momento de agravamento da pandemia do coronavírus.

O Auxílio Emergencial em 2021 vai ser concedido ao trabalhador que estava recebendo em dezembro do ano passado, e que atenda as regras publicadas na Medida Provisória 1039. Portanto, não serão aceito novos cadastrados.

Em 2021 o auxílio emergencial vai ser pago para 45,6 milhões de pessoas a partir de abril. O governo federal divulgou em março as regras que definem as pessoas que tem o direito de receber a nova rodada do auxílio. O auxílio emergencial 2021 vai ser limitado a uma pessoa por família, e os valores vão variar entre R$150,00, R$250,00 ou R$375,00.

Atualização do Auxílio Emergencial

A Caixa Econômica Federal liberou recentemente a atualização dos dados cadastrais dos usuários do aplicativo Caixa Tem. O calendário foi divulgado e a atualização deve seguir ele. Mas, a Caixa informou que a atualização não é obrigatória e os usuários que tiverem direito de receber o auxílio emergencial ou outro benefício social poderão receber sem precisar fazer a atualização.

O procedimento para fazer a atualização dos dados cadastrais pode ser realizado através do telefone, não sendo necessário ir até uma agência bancária da Caixa para fazer isso. Dessa forma, os beneficiários conseguem ter mais conforto e segurança.

Para fazer a atualização cadastral é fácil, é só entrar no aplicativo e seguir as orientações. Abra o aplicativo, e depois clique em Atualizar Cadastro e envie a documentação que é pedida, geralmente é solicitado fotos de documentos pessoais e também um registro de uma selfie junto com os documentos.

Calendário Auxílio Emergencial 2021

O pagamento do auxílio emergencial desse ano vai começar para os beneficiários do Bolsa Família, a partir do dia 16 de abril. O cronograma de pagamento segue o mesmo modo do calendário original do programa social, sendo pago nos dez últimos dias úteis de cada mês.

A ordem dos pagamentos vai variar dependendo do último digito do NIS que é o Número de Identificação Social. A maneira de pagamentos para inscritos do Bolsa Família é o mesmo usado pelo governo nos pagamentos do auxílio do ano passado. Veja agora o calendário de pagamentos do auxílio para os beneficiários do Bolsa Família:

ABRIL

Final NIS Recebe a partir de
1 16/04
2 19/04
3 20/04
4 22/04
5 23/04
6 26/04
7 27/04
8 28/04
9 29/04
0 30/04

MAIO

Final NIS Recebe a partir de
1 18/05
2 19/05
3 20/05
4 21/05
5 24/05
6 25/05
7 26/05
8 27/05
9 28/05
0 31/05

JUNHO

Final NIS Recebe a partir de
1 17/06
2 18/06
3 21/06
4 22/06
5 23/06
6 24/06
7 25/06
8 28/06
9 29/06
0 30/06

JULHO

Final NIS Recebe a partir de
1 19/07
2 20/07
3 21/07
4 22/07
5 23/07
6 26/07
7 27/07
8 28/07
9 29/07
0 30/07

Quem tem direito em 2021

Nesse ano de 2021 o auxílio emergencial será pago somente para quem já estava cadastrado nesse benefício no ano passado e seguiu elegível até as últimas parcelas. Mas, até mesmo quem já recebia o auxílio vai ser avaliado de novo, para que assim o governo confira se o usuário ainda está elegível para receber.

Para ser aceito no auxílio emergencial desse ano, é preciso que o usuário esteja dentro de alguns critérios, confira quais são eles:

  • Ter mais de 18 anos de idade;
  • Ser mãe adolescente;
  • Que não possua emprego formal ativo;
  • Seja residente do Brasil;
  • Que não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro desemprego ou de programa de transferência de renda;
  • Quem estiver recebendo abono salarial;
  • Usuários inscritos no CadÚnico ou no Bolsa Família;
  • Família com renda de até meio salário mínimo por pessoa, ou renda total de até três salários mínimos;
  • Que seja MEI (Microempreendedor Individual), contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe de forma autônoma ou trabalhador informal que não tenha carteira assinada.

Qual o valor em 2021

Os valores das parcelas vão variar, pois vai depender da chamada formação familiar do beneficiário. Veja agora como vai ser distribuído o dinheiro desse benefício:

  • Famílias chefiadas por mulheres vão receber R$375;
  • As famílias com mais de uma pessoa e que não são lideradas por mulheres vão receber R$250;
  • O cidadão que mora sozinho vai receber o valor de R$150.

É necessário ressaltar que o Auxílio Emergencial 2021 está limitado a um beneficiário por família. Ou seja, somente uma pessoa por residência poderá receber.

Fechar